segunda-feira querida… (?!)

Nada de Garfieldismo para mim! Tá quase um dia 13 apesar da canseira casa-rodô-estrada-aula-rodô-centro-casa, meus pés estão em frangalhos! [nota mental: a fadiga física não repercute na moral…haha]

.

Consegui não me aniquilar com um texto sobre os avanços da legislação acerca de poluição ambiental (estudos de caso flertando tudo que tem direito com a etnografia). Hm, ainda que não sirva para dar rumo em conversa de boteco posso dizer que não foi tão ruim quanto parece. Entretanto, ainda permanece a ideia da última aula: a recessão (econômica) como mecanismo para diminuição da emissão de gases… haha

.

Tive coragem para ler as últimas cinco páginas de “Big Sur”. Fiquei adiando o máximo que pude. Eu queria saber do desenrolar, mas ao mesmo tempo aquele desespero embriagado pela vida e a paranoia deveriam ser saboreadas aos poucos… Até tive vontade de ler as últimas partes para outrem, encharcando-me de toda sensação possível. Uau, perecer insano entre rochedos, álcool, dissabores amorosos e o mar? E ainda assim (alucinado) nosso Jack consegue alguma luz e “buscar o dourado” para abraçar o que ele entende como salvação? Uau. Ao final do livro ainda pude sentir o poema louco sobre o mar. Nem me importo com o cretino que ele se tornou nos anos 60’s (direitista fervoroso e defensor da guerra do Vietnã…). É estarrecedor ver como o Kerouac vai desvanecendo de On the Road para Big Sur (não, ainda não estou com firmeza de caráter para ler “Visões de Cody”). Pensei em começar a ler outro dele, talvez o mais espiritual, “Os vagabundos iluminados”, nos últimos tempos voltei a um quê mais budista (hm, deve ser fase).

.

Mas acho que preciso de um pouco de ar fresco… Talvez algo nacional, todavia, pelos próximos dias lerei um “presente temporário”, cortesia de um nerd-jedi (existe outro tipo?):

.

.

Blahs à parte… O final de semana rendeu frutos mais do que viçosos! Parece que finalmente publicarei meu “Fronteira e Identidade Nacional” (projeto que arrancou bons nacos de vida). Amanhã terei reunião para organizar os “finalmentes”…

.

Blah modorrento… Resta-me encontrar, no reino de Morpheus, alguém para ser meu tutor em SPSS… (fingers crossed), qualquer coisa vou de Excel mesmo. [Preciso finalizar o trabalho, fazer um paper da chatice e cair prum congresso em Santiago]

.

snakebites tranquilos

Sobre eudoras
Eudora continua (tentando) rumar à leste...

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: